A Mancha Humana, de Philip Roth

Durante o turbulento Verão do escândalo Lewinsky, Coleman Silk, decano universitário, vê como a sua reputação e a sua carreira são arruinadas por proferir uma expressão pouco afortunada num momento inoportuno. Como numa nova caça às bruxas, a febre do politicamente correcto desata consequências devastadoras. Mas a verdade sobre Coleman não é a escandalosa relação que mantém com a misteriosa Faunia, que tem menos de metade da sua idade, nem o seu alegado racismo e misoginia, mas um segredo que não conhecem nem a sua mulher, nem os seus quatro filhos, nem os seus colegas, nem os seus amigos. Coleman ver-se-á forçado a mostrar a sua autêntica identidade antes que seja tarde demais...

Philip Roth nasceu em Newark, Nova Jersey, em 1933. É um dos autores contemporâneos mais galardoados: dois dos seus romances ganharam o National Book Award; outros dois foram finalistas, dois ganharam o prémio do National Book Critics Circle, e outros dois foram finalistas. Obteve igualmente o Pulitzer e dois prémios PEN Club.
A Mancha Humana (2001) é uma das suas obras-mestras. Outros títulos destacados são Complexo de Portnoy, Património, Teatro de Sabbath, O Animal Moribundo, Pastoral Americana, Casei com um Comunista, A Conspiração contra a América e Todo-o-mundo.
_____________________________________________________________________________________

Infelizmente, a partir de agora é bem provável que as leituras avancem a passo de caracol. É que a escola não perdoa...
No entanto, isso não quer dizer que não se leia! Deus nos livre!

Sobre "A Mancha Humana"...

Um livro notável.

Comecei a lê-lo desanimado, desmotivado, porque realmente a minha última leitura não me agradou tanto... =/ Aliás, antes de começar a ler qualquer livro que fosse (e a vontade era pouca...), perguntei a outras pessoas que livros me aconselhavam. O primeiro que disseram foi o primeiro que peguei. Não esperava nem demasiado deste livro nem pouco. Simplesmente mantinha a expectativa mediana, e se não tivessem dito para o ler, não leria tão cedo.
Mas li. E simplesmente adorei.

Basicamente, este livro contrói as personagens, por isso praticamente o enredo é simples, não há grande acção, acaba por ser a descrição da vida dessas personagens e do seu desenvolvimento, mas sinceramente está excelente ;)
Quando me agarrava o livro, nunca me apetecia parar. Curiosamente, nem achei a escrita difícil, li muito bem o livro, e achei tão notável que fiquei cativado.

Tendo como começo uma acusação de racismo, passamos a ler sobre a vida de meia dúzia de pessoas que poderão ser aqueles que passam ao nosso lado na rua, mas que aqui tomam proporções que apenas uma grande obra nos pode dar. Fala sobre raça, sobre polémicas, política, escândalos que ocorreram nesse ano (com o presidente Clinton, como deve ser do conhecimento de vós), a guerra do Vietname, mas alarga-se desses temas da nossa actualidade para algo mais profundo, discutindo sobre as vidas de cada pessoa, os rastos que deixamos, as escolhas que fazemos, os crimes da nossa mente e que nos hão de torturar até que haja uma purificação... Algo tão simples como frágil, que vem para chocar mas que vai como o vento, até nunca mais voltar.

Adorei o livro. Fiquei preso às imagens que me transmitiu. Basta dizer: a última página descreve uma imagem tão simples mas tão bela e simbólica, depois de uma obra de tão alto teor, que me apercebi de que fiquei preso ao livro, mesmo depois de o ter acabado de ler! Altamente recomendável.

10 comentários:

Vivian disse...

...olá Pedro!
que delícia encontrá-lo lá em casa, e sempre com elogios tão
doces...
obrigada sempre...

smackssssssssss

Iceman disse...

Viva Pedro!

De facto estamos na presença de um livro soberbo.

Há quem considere este "Mancha Humana" o melhor livro de Roth, sinceramente não sei pois, tirando este, apenas li o "Conspiração contra a América" que também gostei bastante e, obviamente, aconselho.

Este é daqueles livros cheio de mensagens cuja leitura é, na minha opinião, muito enriquecedora.

Ana Carolina disse...

A leitura deste livro é mesmo muito enriquecedora! E concordo que seja altamente recomendável! Eu tinha esse livro "encostado" em casa, e nunca pensei que fosse gostar tanto de o ler. Fiquei mesmo fascinada com a história! É um livro mesmo bom!

Continuação de Boas leituras, nem que sejam a passo de caracol! ;)

JPD disse...

Olá Pedro

Li esse livro extraordinario do Philip Roth.

Recomendo vivamente a leitura de todos os que estão publicados em Potugal na Dom Quixote.

Verdadeiramente extraordinários.

Um abraço

Carla disse...

a tua leitura começa a ser imprescindível para mim...para quem tem a paixão da leitura, a forma como tu examinas os livros que lês são um primeiro garante de qualidade. A partir daí apetece, apenas...seguir os teus conselhos
beijos e boa semana

Livros em 2ª Mão disse...

É sem dúvida um livro que tenciono ler, pelas críticas que tenho lido. Há cerca de 2 semanas passou o filme na televisão e gostei do que vi. :)

anaaaatchim! disse...

Adorei a sinopse, e é um livro que poderei vir a ler, apesar de (ou porque) se afastar um pouco do meu género habitual! Obrigada pela sugestão :)

Clara disse...

Neste momento, ando com pouco tempo para leituras. Infelizmente. Mas logo que possa, vou tentar ler este livro. Parece mesmo muito interessante.

Beijinho

Pedro disse...

Vivian,
elogio quando vejo que merecem ;)

Iceman,
soberbo, não podia dizer melhor! Fiquei extremamente impressionado com a densidade da obra... Sem dúvida que procurarei mais livros do mesmo autor!!

Ana Carolina,
estás no mesmo ponto que eu, também o cá tinha "encostado" e fiquei surpreendido =D

JPD,
sim, a D. Quixote é uma excelente editora, de excelentes obras ;) Concordo contigo!

Carla,
=D
Obrigado pelo elogio! Se fores como eu, o que mais quero é pegar na livraria e levá-la para casa... xD

Livros em 2.ª mão,
vi anunciarem o filme, mas obviamente não o vi =P E o livro acabou por ser uma agradável surpresa! O filme será o próximo passo, pois já fui ver o trailer e parece ser muito bom ;)

Anaaaatchim,
além de que é sempre bom variar um pouco e descobrir novas coisas, acho que deves experimentar ler este ;)

Clara,
eu ultimamente tenho andado muito lento e ausente também, mas há de haver sempre um tempinho para voltar às páginas!

Um grande abraço

Liliane Cristine disse...

Parabéns Pedro!! Desejo muitos posts para vc :)

Quanto a sua lista de desejos, serve em ebook? rs

Qualquer coisa me avisa, eu tenho alguns...

abraço