A Guerra dos Tronos, de George R. R. Martin

"A Guerra dos Tronos é a mais importante obra de fantasia desde que Bilbo encontrou o Anel."
-SF Reviews.net


Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida, e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha: uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da rainha. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal: a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia! Sozinho na corte, Eddard também se apercebe que a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo.

Uma galeria de personagens brilhantes dá vida a esta saga. Entre eles estão o anão Tyrion, a ovelha negra do clã Lannister; John Snow, um bastardo de Eddard Stark que, ao ser rejeitado pela madrasta, decide juntar-se à Patrulha da Noite, uma legião encarregue de guardar uma imensa muralha de gelo a norte, para lá da qual cresce uma assustadora ameaça sobrenatural ao reino. E ainda a princesa Daenerys Targaryen, da dinastia que reinou antes de Robert Baratheon, que pretende ressuscitar os dragões do passado e, com eles, recuperar o trono, custe o que custar.

"George R. R. Martin apresenta um mundo vibrante e real, personagens soberbamente construídas, enredos complexos mas coerentes, descrições de cortar a respiração e uma prosa muito acima daquilo a que o género nos habituou."
-Amazon.com


"Um livro que nos agarra-nos e nunca mais larga. Brilhante!"-Robert Jordan

_____________________________________________________________________________________

Quando comecei a leitura desta série, já sabia mais ou menos o que esperar. Depois de ler tantas opiniões unânimes na blogosfera, principalmente, cria-se uma certa expectativa que será positiva ou não na leitura da obra. Desta vez, as expectativas que levei acompanharam-me muito bem, e "A Guerra dos Tronos" já está a um passo de entrar nos meus favoritos (depois de ler "A Muralha de Gelo" é que será justo afirmar que "As Crónicas de Gelo e Fogo" são uns dos meus livros preferidos).

Brilhante, sem dúvida. Martin criou um mundo fantástico mas imensamente real. A magia é algo que apenas é sugerida, permanecendo na penumbra e dando à obra um toque especial de mistério e suspense. Neste primeiro livro (que é, afinal, a primeira parte do livro original, "A Game of Thrones"), passamos todo o enredo numa realidade histórica, sem qualquer acção de magia... Ou apenas pouca.

Desde as primeiras páginas que somos agarrados para um mundo de segredos, mistérios e conspiração. Sente-se esse clima ao longo das páginas, deixando-nos intrigados e com vontade de avançar. Esse mundo é caracterizado por uma vertente histórica, assemelhando-se à Idade Média.

Mas o grande ponto forte é, sem dúvida, as personagens. São tão reais! E tão vibrantes! Acabei o livro com vontade de avançar e já tenho as minhas personagens preferidas... Em geral, todo o livro se lê com emoção, quer quando decorrem combates, quer nas conspirações dentro do palácio, quer fora das muralhas. Cada capítulo corresponde a um ponto de vista de uma personagem, o que torna mais fácil para o leitor entrar na personagem. Também é verdade que, até me habituar ao turbilhão de personagens e nomes de reinos e regiões, foi um pouco complicado... principalmente quando não se cria uma imagem da personagem, e como são tantas é difícil ver à primeira quem está por detrás.

A leitura torna-se fluída e agarra, houve alguns momentos em que "delirei" de emoção, na ânsia de saber o que ia acontecer. "A Muralha de Gelo" me dirá se esta saga é tão excelente como está a ser. Até lá, leiam, porque vale mesmo a pena. É um fenómeno e não vão querer deixar esta grande obra de lado.

P.S.: Agora me lembro... Na primeira leitura do livro fiquei muito confuso porque aparecia "John" e "Jon" para a mesma pessoa, e fiquei intrigado se afinal eram a mesma pessoa ou não. Mas eram, e à medida que se lê vamos percebendo quem é quem.

12 comentários:

Anónimo disse...

Olá, Pedro.

Li uma questão tua noutro blog, acerca do Cemitério de Pianos.

Deram-me esse livros nos meus anos, tentei lê-lo várias vezes mas não consegui entrar nele... pessoalmente, não gostei sequer da maneira de escrever do autor... mas que o tipo tem sucesso, isso tem... :-/

Fui trocá-lo ao fim de uma semana e poucas páginas lidas com sofrimento, confesso.

Canochinha disse...

Ainda bem que estás a gostar! Mas prepara-te para "A Muralha de Gelo"... O Martin às vezes consegue ser um pouco cruel.
Já agora, quais estão a ser as tuas personagens favoritas?
Eu gosto muito do Jon, da Arya, do Bran e do Tyrion... mas posso afirmar com alguma certeza que a minha preferida é o Jon (e é Jon, não John... deve ter sido um erro de impressão).

Pedro disse...

Anónimo,
obrigado pelo conselho, confesso que irei comprar o livro à mesma, até porque já li boas e más opiniões. Acho que já sei o que me espera, e agradeço imenso a tua opinião! =)

Canochinha,
Confesso que, uma vez que já me habituei ao livro, "A Muralha de Gelo" está a ser uma leitura mais rápida. Estou a adorar, e estou para ler o que virá...

Parece que temos personagens favoritas muitíssimo parecidas! As melhores são, para mim, Tyrion, Jon e Arya.

Ao princípio gostei de Bran, mas deixou de se impôr.
Desses três, é difícil escolher um único preferido... Gosto dessas personagens porque os seus capítulos são muito mais emocionantes, agarram-me mais do que os outros!

Também gosto imenso de ler os capítulos de Daenerys (embora ainda não sejam muitos, infelizmente) e de Catelyn (que à medida que a história avança agradam muito mais).

Eddard e Sansa não estão na minha lista porque o humor varia de capítulo para capítulo: umas vezes apetece mais ler que outras...

Espero imenso do segundo livro.

Canochinha disse...

Quanto ao Eddard e à Sansa, só te posso dizer que muita água vai correr debaixo da ponte ;)

anaaaatchim! disse...

Vou continuar à espera das opiniões do Pedro, antes de me decidir...

Até ao momento, foi a única que me fez "balançar" para o "talvez afinal tenha mesmo que ler isto" :)

Mas preciso de ler opiniões dos outros livros, hehehehe!

Sofia disse...

Pedro, a tua opinião está excelente! Devo dizer que depois de muitas recomendações, decidi-me a comprar o primeiro volume desta saga. Assim que puder vou começar a ler :)

Pedro disse...

Anaaaatchin,
=) Sinto-me lisonjeado (e orgulhoso) por conseguir com que ficasses interessada...
Sim, acho que deves esperar pelo menos pela opinião sobre "A Muralha de Gelo", que afinal faz parte do mesmo livro, "A Game of Thrones"! eu próprio só posso dizer se esta é ou não é uma grande saga depois de ler o segundo livro.
Conhecendo o teu tipo de leitura, acho que deves apostar nesta, porque poderás ser surpreendida e cativada...

Sofia,
obrigado... =) Aconselho-te a ler, portanto a compra é muito boa ;) E como as opiniões convergem todas positivamente, acho que não vais ficar desapontada!

Flicka disse...

Dizem que este autor é um "Tolkien", em que os seus romances são do mesmo género que "O senhor dos Anéis", certo? Envolve várias personagens (os maus e os bons), muita guerra, aventura, um pouco de magia, não é? Segundo as tuas palavras: "Esse mundo é caracterizado por uma vertente histórica, assemelhando-se à Idade Média." Não sei se vou gostar, não é muito do meu género... :-/ Vi três filmes da série "O Senhor dos Aneis" e gostei mais ou menos, havia guerra a mais entre os bons e os maus e, é claro, quem ficou a ganhar foram os bons...
Há quem adorou "O senhor dos Aneis" e há quem que não gostou. Gostos variados é o que há. :)

Pedro disse...

Sim, o "Tolkien americano", mas olha que a obra distingue-se muito de "O Senhor dos Anéis"!
Olha, a descrição que fizeste é um pouco diferente do que possas pensar: não é assim tão fácil dizer quem é bom ou quem é mau! As personagens estão muito bem trabalhadas; vários conflitos, sim, mas muito diferentes (ainda) desse tipo de guerras; aventura, sim, mas acredita que é muito real, assim como as personagens; não penses que a magia é tão presente... É apenas sugerida, o que torna o livro tão fantástico mas real! E sim, o mundo que Martin cria tem laivos com a Idade Média.
Essa história dos bons e dos maus não é tão distinta neste livro. As personagens são o ponto forte e enquanto lês vibras com o que se desenrola à tua frente, sem conseguires fazer nada!

Mas se não gostas do género... Apenas te aconselho a experimentar! (eu adorei o Senhor dos Anéis, assim como toda a obra de Tolkien!)

Cristina disse...

Adorei o livro e estou desejosa de pegar no 2º volume. Fui aconselhada pela Canochinha e, tudo o que ela me disse, foi superado. Estou a adorar a saga e tive muita pena de não ter podido conhecer o autor pessoalmente.

Clara disse...

Pedro,
deixaste-me muito curiosa. Adoro este g�nero de livro e vou j� procurar esta s�rie nas livrarias. Obrigada pela dica!

Beijinho

Pedro disse...

Cristina,
estou a adorar o segundo livro. Faz-me vibrar muito mais que o primeiro, aconselho-te a lê-lo assim que puderes ;) Quado comecei a ler as opiniões na net, comecei a ficar interessado na saga, e ainda bem... Conhecer po autor foi super, para a próxima terás oportunidade ;)

Clara,
Se gostas deste género, então este livro é para ti! =D