Números Mágicos e Estrelas Errantes - Os primeiros passos da ciência, de Anna Parisi


De que são feitas as estrelas? E porque brilham? Porque é que uma pedra cai, enquanto que os balões pairam no ar?
Será difícil compreender como funciona a natureza? Ou será que o problema está no facto de as pessoas que conhecem as respostas a essas perguntas não conseguirem explicar em poucos minutos aquilo a que os homens chegaram ao fim de séculos de investigação?
E então? Vamos "começar pelo princípio"?

Seguindo os raciocínios dos primeiros homens que procuraram compreender como funciona a natureza, poderás ver que a investigação científica foi avançando através de mil dificuldades e mil descobertas, passando por problemas insolúveis e respostas fantásticas. Este livro far-te-á descobrir e experimentar de forma superdivertida os primeiros passos da longa caminhada da ciência, transcrevendo entrevistas imaginárias a sacerdotes egípcios e babilónios, a Tales, Pitágoras, Demócrito, Aristóteles, Arquimedes e tantos outros filósofos e cientistas e fazendo pequenas experiências ou contando-te histórias divertidas ilustradas por desenhos humorísticos.

Anna Parisi licenciou-se em Física na Università degli Studi di Roma "La Sapienza" e trabalhou durante cerca de 10 anos em investigação nas áreas da geofísica e da matemática financeira. Desde 1996 que se dedica à divulgação científica e editorial para jovens. Com "Números Mágicos e Estrelas Errantes", Anna Parisi ganhou o Prémio Legambiente para a divulgação científica (2001) e o Prémio Andersen (2004).

Giorgio Parisi é professor catedrático de Teorias Quânticas na Università degliu Studi di Roma "La Sapienza". É sócio da Accademia dei Lincei e da Academia Francesa. Foi agraciado com a medalha Boltzmann (1992) e com a medalha Dirac (1999), em reconhecimeno pelos seus importantes estudos de física teórica. Giorgio Parisi é o coordenador científico da colecção "Eureca!", que a Principia inaugura com este volume.
_____________________________________________________________________________________

Este é o primeiro livro de uma colecção que tem o propósito de dar a conhecer a evolução do saber ao longo do tempo, desde a Antiguidade Clássica até, supostamente, aos dias de hoje, de maneira simples e divertida. Este livro apresenta a ciência desde os egípcios até o fim do império romano.
A primeira vez que soube destes livros foi através de um professor, que gentilmente me ofereceu o 2.º e 3.º títulos (que lerei a seguir). Confesso que gosto deste tipo de livros, que nos ensinam enquanto olhamos para as imagens engraçadas, enquanto nos dão as pequenas curiosidades que nos fazem rir (por exemplo, sabiam que uma das regras da escola de Pitágoras era não comer favas? E calçar primeiro o pé direito? xD).
Porém, posso dizer que este livro não é, de todo, o melhor do género. Quero referir os livros de "Os Horríveis", publicados pela Europa-América (Cultura, História, Geografia e Ciência Horríveis), que ainda hoje me fascinam e me interessam bastante!
Este primeiro livro foi uma boa leitura, que certamente me tornou mais sábio. Gostei imenso das curiosidades e aprendi muita coisa. O livro não só fala de ciência (não se assutem os desinteressados), também fala de História, por exemplo. É um livro rico, muito educativo e, com certeza, muito interessante. Gostei das ilustrações, que facilmente nos puxam a atenção.
Quem acha que este tema é uma seca, pode experimentar ler este livro, uma vez que tem tantas curiosidades e histórias divertidas que um bom leitor sempre gosta. A verdade é que... Sabem, por vezes os ensinamentos são um pouco mais complicados, e o grande problema está em a autora não conseguir expressar-se de maneira a fazer-se entender. Houve (poucas) alturas em que ler várias vezes não bastou, foi difícil compreender porque é que chegaram a essas conclusões. O mal do livro é, talvez, preocupar-se em pronunciar o básico, dar algumas curiosidades sobre o tal cientista e, quando se trata de explicar o "porquê" da conclusão chegada, dá-nos uma descrição pequena mas demasiado complexa, que acaba por fugir ao princípio de explicar correctamente e ao alcance de todos.
No entanto, aconselho para quem tem interesse, aconselho a folhearem-no se o virem. Não é um livro que se destaque, mas é verdade que me ensinou bastante! Uma boa leitura, calma, interessante e divertida. Seria injusto dizer que o livro não deve ser lido. Enfim, experimentem!!!

5 comentários:

Hob Boffin of the Needlehole disse...

Não conheço o livro, mas conheço a colecção! Já vi na FNAC o livro "O Céu Sob a Terra". É desta colecção, não é? =S
Parece até ser giro... Vou folheá-lo, como dizes, pode ser que me atraia!

Pedro disse...

Olá, Hob!

Sim, "O Céu Sob a Terra", de Ettore Perozzi, é desta colecção.

Sabes, este primeiro volume até que é giro... tem muitas curiosidades e aprendemos! Aconselho a experimentar. Eu gostei. Agora, o segundo volume... =P Uma desilusão, não é nem divertido nem fácil de entender, perde tudo o que este livro ainda tinha!

João disse...

Como já tive a oportunidade de comentar esta colecção no outro post, (acima), não vou divagar muito pelo assunto. Mas acrescento (como opinião!), que o facto de os livros apresentados serem um pouco mais complexos em termos de histórias e teorias; para quem já conhece bem as bases destas mesmas teorias (e histórias), uma leitura um pouco mais aprofundada até que não seria má de todo!
Eu que já li vários volumes da colecção d' Os Horríveis, que permitiam uma leitura leve e interessante de todo o tipo de matérias existentes; ler agora esta colecção poderia ser muito (digamos!?), elucidativa e interessante. O que deste modo leva-me à questão que quem se quiser aventurar por estes "mundos", podia começar pela Colecção d' “Os Horríveis” referida pelo Pedro e avançar daí para a colecção ”Eureca”!

Apenas para exprimir uma ideia (sugestão)!

Anónimo disse...

Por que nao:)

Nadiney santana disse...

Olá!!Sou NADINEY moro em Leiria.
vou fazer um trabalho da escola sobre o livro os da minha rua de ondjaki.Já o li mas não consigo resumir.Por isso peço que envien-me o resumo desse livro,desde já agradeço.