O Fio Condutor . A antecâmara do átomo, de Anna Parisi e Alessandro Tonello


Os planetas do sistema solar têrm de ser empurrados para continuarem a girar? É possível gerar velocidade a partir de uma rã? As ondas electromagnéticas podem deslocar-se à vontade por todo o universo? A estranha palavra "entropia" terá alguma coisa a ver com um lance de dados?
Este livro permitir-te-á discutir e investigar estes e muitos outros assuntos com os cientistas ilustres que descobriram como utilizar as extraordinárias potencialidades do electromagnetismo, desvendaram os segredos da termodinâmica e, investigando a estrutura mais profunda da matéria, conceberam uma nova teoria: a teoria atómica.

Anna Parisi licenciou-se em Física na Università degli Studi di Roma "La Sapienza" e trabalhou durante cerca de 10 anos em investigação nas áreas da geofísica e da matemática financeira. Desde 1996 que se dedica à divulgação científica e editorial para jovens.

Alessandro Tonello nasceu em Conegliano, na Itália, em 1972. Licenciou-se em Engenharia Electrónica na Universidade de Pádua, onde trabalha em investigação, interessando-se particularmente pela divulgação de conhecimentos.

Giorgio Parisi é professor catedrático de Teorias Quânticas na Università degliu Studi di Roma "La Sapienza". É sócio da Accademia dei Lincei e da Academia Francesa. Foi agraciado com a medalha Boltzmann (1992) e com a medalha Dirac (1999), em reconhecimeno pelos seus importantes estudos de física teórica. Giorgio Parisi é o coordenador científico da colecção "Eureca!", de que a Principia publica agora este terceiro volume.

Fabio Magnasciutti nasceu em Roma em 1966 e nos anos 80 iniciou a sua carreira de ilustrador. É colaborador de vários jornais, revistas e editoras.
_____________________________________________________________________________________

É importante que diga que não estou a ler grandes livros (no sentido literal...), pois já tinha esta colecção há algum tempo em casa e já era altura de a ler. Até agora, este é o 3.º volume que leio. Balanço:
1.º volume: deixou-me curioso e com esperanças; 2.º volume: não me deliciou, tão confuso que fiquei sem grandes expectativas; 3.º volume (este):... surpreendeu-me pela positiva!
Mais uma vez, este livro fala de ciência, explica-nos um pouco como é que a ciência evoluiu, quem foram os grandes cientistas e é seu objectivo transmitir esse saber de forma compreensível e divertida. Ora, ao contrário do volume anterior, este livro acabou por ser uma leitura interessante. Fala-nos, principalmente, sobre mecância, electricidade, magnetismo e termodinâmica. Um pouco chato, dirão? Pois, mas acabou por ser curioso depois deste livro. Pode ser que a matéria seja mais interessante e chamativa (rãs que geram electricidade? Se querem saber, leiam!), mas também é verdade que deixa de lado muitas daquelas equações malucas que tornam o livro aborrecido. Talvez o co-autor tenha feito bem em dar uma mãozinha...
As ilustrações estão muito menos rabuscadas e mais engraçados que as do 2.º (embora o ilustrador seja o mesmo); sem ter necessidade de ir buscar piadas sem nexo, conseguiu ser educativo e atractivo. Talvez tenha prestado mais atenção a este volume, tenha-me preocupado em ler mais calmamente... De qualquer maneira, não desgostei e fez-me voltar a acreditar que o próximo volume há-de ser bom!
Continuo a aconselhar, e como já houve quem afirmasse, a colecção d' "Os Horríveis", publicações Europa-América. São livros divertidos e dos quais abrsorvemos mais informação.
Volto a dizer o que disse em "Números Mágicos e Estrelas Errantes", experimentem! ;) Mesmo que não seja o vosso tipo de leitura (pessoalmente, sou mais virado para romances), se encontrarem o livro passem as mãos por ele e... enfim, pode ser que vos atraia!

7 comentários:

Cristina disse...

Estás a ler a uma boa velocidade. Nada como uma surpresa depois de um livro menos bom...
Pessoalmente, não sou muito apologista destes livros, mas, às vezes, também é preciso variarmos.

Boas leituras!

Clara disse...

Eu fico encantada com as tuas sugestões. Dá vontade de ler tudo.

Muitos beijinhos.

anaaaatchim! disse...

Pedro, pareces ter "esbarrado" numa colecção engraçada :)

joão disse...

Bem, se depois de o 2º Volume te ter desiludido, o terceiro levanta-te a moral rapidamente, não posso ignorar a Colecção e com a Feira do Livro no Porto a aproximar-se não irei deixar passar os primeiros volumes da Colecção!

Ainda bem que "esbarras-te" nesta colecção se não possivelmente nunca a tinha encontrado!

Pedro disse...

Para todos,

Devido a problemas com a minha Internet, receio que o blog fique por uns (poucos) tempos parado, com participação menos frequente. Estejam à vontade de continuar a lê-lo e comentá-lo, mas novos postes serão raros (esperemos, só até para a semana).

Pedro disse...

Cristina,
sim, também devemos variar, e embora não sejas apologista deste tipo de livros, experimenta chegar ao pé deles e folheá-los. Dei a sugestão da colecção d'"Os Horríveis", que já foi reforçada pelo João. ;)

Clara,
fico imensamente feliz por saber que consigo atrair um leitor. =D Se conseguires, lê!

Anaaaatchim,
esta colecção é diferente, e talvez por isso me mostrei interessado. Até agora, confesso que esperava melhor, mas...

João,
este livro, de facto, teve uma influência mais positiva que o anterior. Se te apetece, acho bem leres (se não gostares, não me culpes... =S). Não é uma colecção que dê muito nas vistas.
A Feira do Livro de Lisboa é a minha perdição, e se este ano lá for... deve ser logo metade da lista comprada! xD

Um grande abraço

Anónimo disse...

Aprendi muito