Carta a El-Rei D. Manuel, por Pêro Vaz de Caminha (e outros Textos sobre a Descoberta do Brasil)


Pêro Vaz de Caminha (Porto?, 1450? - Calecute, Índia, 1500)é o autor da carta do descobrimento do Brasil. É suposto que tenha feito várias viagens à costa africana, antes de 1500, ano em que, integrando a expedição de Pedro Álvares Cabral, como escrivão da armada, partiu para a Índia. Aí chegado, viria a morrer pouco depois, durante um combate contra guerreiros indígenas. A sua notabilidade ficou contudo a dever-se à famosa carta que, a 1 de Maio de 1500, enviou ao rei D. Manuel, descrevendo o recente "achamento" do Brasil, relato esse que construiu um dos mais valiosos documentos da "literatura de viagens".
_____________________________________________________________________________________

Adquiri este livro com a promoção do Jornal de Notícias "Grandes Autores Portugueses - Colecção 120 Anos JN". Por cada jornal recebi grátis um livro de um autor português. Aproveitei ao máximo a colecção, pois os vários autores interessavam-me e foi uma maneira de ficar a conhecer melhor outros livros.
Sendo grátis (e como o jornal é à volta de 1 €), acho que não valia a pena estar à espera de um livro ricamente decorado. A verdade é que os livros são livros de bolso com umas letrinhas que só à lupa se lêem! Não têm uma apresentação exímia, pelo contrário, mas como disse não se pode esperar muito.

Li este livro por ser pequeno e porque tinha à minha frente uns 2 dias até adquirir a minha próxima leitura. Não estou arrependido da escolha.

Já conhecia o autor desde o 5.º ano, em que fiz um trabalho sobre o mesmo e tive de ler a sua carta. Já naquela altura gostei do trabalho, mas o livro que me forneceram foi emprestado. Agora, decidi adquirir este para guardar nas minhas estantes...

É um documento histórico importantíssimo, sem dúvida, e lê-lo foi viajar no tempo para um lugar e um tempo que realmente existiu e que foi mesmo visto e contado por personagens reais. Só por isso impressiona um bocado.

Não vou dizer que é uma obra muito boa, é uma descrição de uma descoberta e que conseguiu ocupar um lugar importante na literatura. É um documento, é isso, e será uma leitura com prazer também. Eu gostei muito das descrições daquele "achamento" e do que viram na Terra de Vera Cruz. Uma espécie de mini romance histórico não muito romanceado, claro. Ainda assim, achei curioso.

Porém, o que eu mais gostei neste livro foi um outro texto (pois constam aqui, excluindo Caminha, outros três textos que mencionam o Brasil). Tratado da Terra do Brasil, de Pêro de Magalhães Gândavo, deliciou-me. Não trata da data da descoberta mas sim uma descrição, ao rei D. Henrique, dessas terras do Brasil. Uma descrição fantástica, posso dizer! Com tantas curiosidades e história que me senti mais fascinado do que ao ler a carta de Pêro Vaz de Caminha. Adorei essa descrição do Brasil, de toda a sua terra, desde fauna e flora até capitanias e povos. Fico feliz por terem editado este texto juntamente no livro, pois fez com que a leitura valesse ainda mais a pena. Uma descrição bela muito, muito interessante.

Embora me tenha esquivado da Carta de Caminha, foi mesmo porque este livro engloba outros textos. Um dos textos, por exemplo, escrito por um Piloto Anónimo, despertou-me a curiosidade pelas datas referidas não coincidirem com as de Caminha... Curios, não acham? Talvez os marinheiros não fossem tão espertos ao ponto de saber os dias?

O nível de escrita é razoavelmente bom, dá para perceber.

Portanto, não só gostei da carta de Pêro Vaz de Caminha, mas sim dos outros textos que este livro oferece (não referi a Carta de Mestre João Faras por ser pequena e pouco diz sobre o Brasil). Achei as descrições da Terra de Vera Cruz deveras interessantes. Um documento a guardar na estante.

7 comentários:

Flicka disse...

Os livros históricos não são o meu forte, mas gostei ler a tua opinião, longa porém interessante, vê-se que és muito curioso e que gostas de saber o que se passou no passado, de imaginar exactamente como aconteceu. Os descobrimentos portugueses e a monarquia nunca me fascinaram assim tanto, sempre fui um pouco indiferente aos acontecimentos históricos da nossa nação. Mas, um ponto curioso a referir, a Joan D´Arc é a única personagem histórica que de facto me interessa. :)

João disse...

Bem, eu também adquiri a colecção (toda) do JN, como disseste a 1€ não ia deixar passar a oportunidade, e apesar de não ter a melhor das apresentações o que me interessou (e continua a interessar) são os textos dos mais fantásticos autores portugueses!
Estou mortinho pelas férias para começar a ler alguns desta colecção

Abraço ;)

Pedro disse...

Flicka,
eu leio de tudo, só não vou muito à bola com policiais...
Sim, sou curioso a esse ponto. =) A história fascina-me, principalmente quando já ninguém está cá para contar e os mistérios que provavelmente rechearam essa altura podem ser reencontrados... Por nós. É empolgante pensar nas vidas da época e o que cada uma esconde.
Já li uns livros sobre Joan D'Arc, nenhum romanceado, e também é uma personagem que me fascina, adoro o filme de Luc Besson.

João,
Eu não adquiri toda porque alguns já tinha... =P
Os textos são mesmo bons e são estas colecções que nos dão mais a conhecer! Férias... Ai, estão quase, um quase ainda grande... Eu sei que quando entrar em férias vou começar a estudar para os exames (9.º ano), mas não desejo outra coisa! =D

Um grande abraço

João disse...

Bem eu passei por isso o ano passado; só desejava as férias nem que fosse para estudar para uns exames, mas mesmo assim, já tinha e tenho "escola a sair por todos os poros do meu corpo"!

Abraço

anaaaatchim! disse...

Eu adoro a História de Portugal, e esse livro parece mesmo uma delícia :) Um testemunho de como outros olhos viam coisas novas, ajuda a dar outra perspectiva sobre velhas coisas :)

Gostava de ler uma História de Portugal, num formato fixe, e relativamente condensada ao importante... Há sugestões?

Pedro disse...

João,
a minha vida é escola, até agora tem sido sempre assim! E ainda bem.

Anaaaatchim,
Também gosto muito, de História em geral. Este livro trata-se de um documento, que eu achei interessante por ter sido mesmo escrito naquela altura, porque tudo aconteceu e Pêro Vaz de Caminha escreveu aquela carta! Não é fascinante?
História de Portugal, condensada, fixe... Bem, para já vou postar a pergunta! ;) Aconselhar-te-ia "Os Pilares da Terra", mas não trata da História de Portugal nem me parece que seja o que estás à procura... Olha, gostei de "Inês de Portugal" de João Aguiar. E os livros de Luis Rosa também devem ser muito bons, embora ainda não tenha experimentado!

Um grande abraço

Canochinha disse...

Adoro História! E pela tua descrição o livro parece realmente interessante... mas acabei por não comprar nenhum livro dessa colecção :/